Modelo de tubarão 3d: Por que esse animal é tão popular entre os humanos?

0
344

Do filme Tubarão até os modelos de tubarão 3d utilizados em casas, a popularidade deles é grande.  Estes animais são protagonistas de diversos filmes e possuem até mesmo uma semana própria no canal Discovery.

Mas por que essa obsessão cultural por tubarões? Talvez seja alguma atração intrínseca. O conhecimento de que tubarões e humanos possuem um ancestral comum. Ou talvez seja uma conexão metafisica a esses habitantes do oceano. Ou talvez seja porque eles são muito, muito legais.

A importância da Shark Week na popularidade dos tubarões

Em 2021, o Discovery Channel celebrou o 30º aniversário da Semana do Tubarão. Este é certamente um fenômeno mundial. De documentários sobre o modelo do tubarão 3d pre-histórico, como o Megalodon ao aliens, há opções para todos.

Mas nem sempre foi assim. A Shark Week começou como uma jogada marketing do Discovery Channel. Ela buscava atrair espectadores com programas sobre praias e oceanos. Inicialmente demostrava o poder da ciência na observação destas “feras aquáticas”.

Ao longo os anos, a Shark Week funcionou como uma maneira encorajar a conservação e destacar os problemas que as populações de tubarões enfrentam. Principalmente em relação a caça e ao turismo agressivo.

Mas, não há dúvidas de que a popularidade atingiu seu epítome graças a 30 Rock, uma série americana. Nela, a personagem Tracy Jordan dá a Kenneth a página com estas palavras de conselho: “Viva todas as semanas como se fosse a Shark Week.” Desde então, a frase se popularizou rapidamente.

Atualmente, o foco nos tubarões durante a Shark Week decaiu bastante. As jogadas são mais voltadas ao marketing do que a fins científicos.

O impacto social e econômico dos tubarões

À luz das estatísticas, a obsessão pelo medo dos tubarões parece um pouco estranha. De acordo com a Universidade da Flórida, em 2012, houve 53 ataques de tubarão nos EUA. E cerca de sete mortes em todo o mundo. Por outro lado, estima-se que uma média de 19 pessoas morrem apenas nos EUA de ataques de cães a cada ano.

Na Austrália, de acordo com o The Guardian, “a nação teve em média pouco mais de um ataque fatal por ano nos últimos 50 anos”. Mesmo assim, as autoridades australianas aprovaram um plano para permitir que os serviços de pesca matem os tubarões que parecem uma ameaça, apesar de os grandes tubarões brancos serem uma espécie protegida nas águas do país.

Enquanto celebramos a “grandiosidade” dos tubarões, os humanos em todo o mundo matam cerca de 100 milhões de criaturas a cada ano. Existem mais organizações do que nunca para criar consciência para a conservação dos tubarões, mas o fato é que as populações de tubarões diminuíram em até 80%.

Se a necessidade de tubarões dentro do ecossistema é difícil de vender, talvez alguns pontos econômicos sejam mais convincentes: O turismo com tubarões-baleia é estimado em US$ 47,5 milhões anualmente em todo o mundo. As atividades de turismo com tubarões geram US $ 78 milhões anuais somente para a economia das Bahamas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui